Palpite Rosa 27 maio, 2016 - Palpite Rosa
27
maio/2016
palpites-gerais category image
Mais Amor Por Favor

amorOlá pessoal! Tudo bom? Sempre começo meus posts dessa forma, mas será que estou mesmo interessada em saber? E será que vocês ligam pra isso? Temos vivido em um mundo com tão pouco amor ao próximo que na maioria das vezes nem ligamos pra isso e passamos despercebidamente por certas coisas. Mas de quem é a culpa? Daquele pai que trabalha o dia inteiro preocupado se vai conseguir pagar as contas no final do mês? Da mãe que trabalha dentro e fora de casa culpada por achar que não está dando atenção suficiente ao seu filho? Do filho que sofre bullying na escola e tem medo de contar? E de que isso importa?  Estamos ocupados demais pensando em nossos problemas que não ligamos para o mundo a nossa volta, é muito mais fácil ficarmos nos escondendo dentro de nós mesmos no lugar de enfrentarmos os problemas. É muito mais fácil sentar e esperar que as pessoas mudem, que as pessoas resolvam… Mais amor por favor!

Só depende de você

amor5Sei que é difícil acreditar que possa existir um mundo melhor, mas é porque ficamos fixos na ideia em esperar, esperar que o outro resolva, que o outro mude, que algo aconteça para que tudo mude. A pergunta que quero fazer hoje pra vocês é: Querem um mundo melhor? Então parem imediatamente com as desculpas, parem de esperar e entendam que para as mudanças acontecerem, só depende de vocês!

Lutas diárias

amor 2Essa mudança não é fácil, assumir um erro já não é fácil, imaginem mudar uma vida, ver certas coisas e deixar passar batido, ouvir ofensas e responder com um sorriso, dar carinho a quem te deu um tapa… Difícil imaginar, não é mesmo? Mas vamos pensar juntos! Se você recebe um tapa, qual seria sua reação? Acho que todos responderam imediatamente que daria outro, acertei? Agora imaginem de outra forma: Você deu um tapa e a pessoa te responde com o silêncio, ou melhor, com um pedido de desculpas e ainda diz que mereceu. Não seria de desmontar? Estamos tão acostumados em responder da mesma forma que achamos que revidar o tapa é responder a altura, mas não! Quando agimos de maneira diferente, quando demonstramos compaixão, quando estendemos a mão ao invés de atacar, estamos agindo de maneira superior e não é sinal de fraqueza como a grande maioria prega.

Plante amor e quem sabe colha amor

amor 4Nem sempre que a gente faz o bem, a gente recebe o bem, mas é certeza de que quando a gente faz o mal, recebemos o mal. Então não seria melhor arriscar? Claro que existem várias situações e momentos da nossa vida que seria praticamente impossível praticar essa corrente do bem, mas o que acham de praticar? Não precisa sair beijando e abraçando todo mundo que não te quer bem, também não quero que vocês façam papel de idiotas! A ideia é agradar quem amamos antes de esperar ser agradado. Está brigado (a) com a sua mãe? Esquece isso, ela será sua mãe para sempre e também será a pessoa que mais te ama nessa vida, mesmo que do jeito dela. Que tal fazer um lanche com ela? Ou quando sair deixar um bilhetinho dizendo o quanto a ama. Dormiu brigada com o marido? Prepare um café da manhã gostoso como se nada tivesse acontecido, e depois conversem, não discutam. Não se dá bem com o porteiro? Comece a cumprimenta-lo com um sorriso, logo vai perceber que o  problema nem era com você! São pequenos gestos e atitudes que farão total diferença para o resto da sua vida. Boas lembranças, novas amizades e oportunidades.

Quando você sorri para o mundo, o mundo sorri pra você

amor 7Muitas pessoas acham estranho que estou sempre sorrindo, tenho que confessar que para algumas coisas é o meu jeito de ser, nasci assim, desde bebê sorrio para as pessoas mesmo que estranhas, dou risada quando me machuco, se doer eu choro, mas primeiro vem a risada, quando um ônibus bateu na traseira do meu carro eu desci dando risada, o cobrador teve que me chacoalhar para ver se realmente estava bem, são só exemplos de como rio fácil, mas para certas coisas nem sempre foi assim, quando eu entrava em atrito com uma pessoa por exemplo, eu ficava brava e descontava em todo mundo, eles tendo culpa ou não, demorei  a entender  que as demais pessoas não tinham culpa de nada! Quando acordava de mau humor, não estava nem aí se as pessoas estavam tendo um dia bom, o que importava é que o meu não estava, meus problemas eram sempre o mais importante, dane-se você. Sim pessoal, eu era assim. Até que um dia comecei analisar a minha vida e pensar em como eu gostaria que as pessoas me vissem, cheguei a conclusão de que nunca agradaria a todos, então pensei: Como quero que as pessoas me tratem? E foi aí que decidi ser quem sou hoje. Se estou brigada com alguém, não desconto nos outros, meu marido e eu podemos estar brigados, mas temos um compromisso inadiável onde os dois precisam ir, vamos, resolvemos nossas diferenças depois e ninguém percebe que brigamos (claro que não é sempre! ahahaha) Se acordo de mau humor, vou pro banheiro, tomo um delicioso banho, respiro fundo, começo a pensar só em coisas boas, isso ajuda e muito! Nem sempre isso melhora, então já vou falando abertamente para todos que estou azeda e que não quero papo, muito melhor do que ficar dando patada. Se estou com problemas, stress a flor da pele, guardo pra mim e não desconto mais nas pessoas. São poucos, só os que verdadeiramente me conhecem sabem quando estou triste. (O olhar entrega mesmo quando estamos sorrindo).

Muitos podem chamar isso de falsidade, mas eu chamo isso de compreensão, porque eu entendi que as pessoas não tem culpa das coisas que acontecem de errado comigo, muito menos dos erros que cometo. Compreendi que devemos aproveitar cada momento como se fosse o ultimo e que dar boas risadas é muito melhor que ficar chorando. Reclamar e descontar nos outros não vai resolver os meus problemas, vai? Volto a repetir que não é fácil e que nem sempre será possível, mas é um caminho que precisamos percorrer passo a passo, um pouquinho de cada vez.

Respondendo a primeira pergunta que fiz, sim! Não só estou interessada como me preocupo com aqueles que me dão minutos do seu tempo, vindo até aqui, lendo meus posts, assistindo aos meus vídeos, comentando e mesmo aqueles que só passam e não deixam nenhuma marca visível aos outros de que aqui esteve, tenho gráfico, sei quantos entram diariamente! ahahaha Claro que criei o PR pensando que ele poderia se transformar em um negocio lucrativo, mas esse dia ainda não chegou, então por que continuo? Pelo principal motivo pelo qual o criei, ajudar os outros! Todos os posts que crio vem juntamente com o desejo de ajudar vocês de alguma forma, seja criando, aprendendo ou simplesmente passando o tempo e quem sabe as vezes eu consiga arrancar algumas risadas deixando o dia de vocês mais leve. Aqui no PR ganho muito mais que dinheiro, ganho em amizades, aprendizagens e em compromissos (que nem sempre são cumpridos, desculpa! (envergonhado) ).

Mas chega de falar né?! ahahaha Desejo a todos vocês um excelente fim de semana, que a paz de Deus esteja sobre vocês! Que ele seja de muito amor para todos nós!

Para Refletir

Esse vídeo foi compartilhado por um amigo meu do Facebook, achei forte, mas serve para refletirmos sobre nossas atitudes.

Assista esse vídeo e reflita !Espero que você possa aprender um pouco com está realidade e possa mudar ou apenas respeitar mais os outros ao seu redor.

Posted by Guilherme Gutierrez on Wednesday, October 14, 2015

Inscreva-se aqui:

Beijos (piscada)

1 2 3 4 5
Snap josibarcick

Josi Barcick
7 pessoas amaram